Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tanucha

um blog para descarregar as tanuchisses, ou melhor parvoeiras que passam por esta mente

Tanucha

um blog para descarregar as tanuchisses, ou melhor parvoeiras que passam por esta mente

Tenho a dizer-vos que ando um cadito, mas só um cadito.

Pensando melhor.................... se calhar é mais do que um cadito para o enervada.

Dizem-me alguma coisa e eu passo-me!!!

Faço logo um bicho de sete cabeças, será que é pela aproximação da data?

Ando nervosita, como é que posso enfiar na cabeça que só tenho é que ter alegria e felicidade na mente, e que tudo vai correr espectacularmente.

 

No sábado fomos falar dos ajustes com a Rita da Quinta, está uma gravidona toda giraça a rebentar pelas costuras, termina as 40 semanas este sábado que vem e está muito assustada, e gostava muito de estar na festa da inauguração da quinta. Mas o que interessa é que está tudo a correr bem, e vai correr melhor ainda.

 

Temos as coisitas mais ou menos encaminhadas, eu já fui fazer a pedicure e as madeixas.

 

Não esqueçendo que para a semana é a despedida de solteira. É borga toda a noite, com as gajas. A avó fica com a porquinha.

O chato é que às 7:30 da manhã a Srª Dona Carlota chama pela mamã, espero que não seja eu a entrarem casa e a piolha a chamar por mim.

 

A porquinha andou doentita no fim de semana com febres altas, mas sempre bem disposta, na 2ª feira resolvi ir ás urgências, estava com muita ranhoca, mas nada demais, viemos para casa com a receita de um antibiótico.

 

Ontem já foi à escolinha e ao final da tarde começaram a aparecer umas borbulhinhas pela cabeça, rosto, alastrando-se pela barriga e costas. Fiquei assustadíssima!! Só me apetecia chorar, estava prestes a explodir.

Liguei à pediatra, e para ajudar tinha-me esquecido do telemóvel na cabeleireira e não tinha o número da pediatra em mais lado nenhum, e só o tive ao final do dia que a minha querida amiga Marta fez o favor de mo trazer.

Disse para parar com o antibiótico e que era a reacção do corpo ao vírus, ou seja era o maldito a ir embora. Abençoados anti-corpos.

Lá fiquei mais descansada, e fui malhar 2 horitas para o ginásio.

Ufa!!!!!!!!!!!!

 

Aqui está a piolhita com a madrinha, nestes dias tem sido uma ajuda preciosa.

Obrigada amiga!!

 

Oh para ela, toda lampeira na poltrona.

 Lindona!!!

 

 

No sábado passado, fomos comprar o vestido de baptizado da piolhita.

Vai muito gira.

E também fui comprar os acessórios para a minha sobrinha-afilhada levar, pois como ela diz vai ser a princesa das alianças.

 

Depois à noite fomos deleitar-nos com uma mariscada na bela localidade da Figueira da Foz.

Adoro este restaurante é pena é ter que ser por reserva e é bastante difícil arranjar uma vaga.

Desta vez tivemos sorte porque telefonei no próprio dia e lá conseguimos.

Soube tão bem.

É um espectáculo, e podemos sempre dar dois dedos de conversa com a fã n.º 1 do Marco Paulo, ou não!

 

Depois fomos comer um conezito à geladaria Emanha, e os seus gelados são deliciosos.

 

No Domingo para terminar o fim de semana em beleza, depois de pintarmos os cestos das lembranças e começar a preparar as lembranças, fomos lanchar estes magníficos crepes.

 

 

 

Querem saber onde se come estas maravilhas?

 

Na urbanização nova Leiria, em Leiria claro, no bar Sem Niveau.

 

 

 

E digam lá que a porquita não está tão fashion com os meus óculos de sol.

 

 

Anda a começar a fazer as primeiras birras, tem que ser domada.

 

Ontem pela 1ª vez puseram-na de castigo na creche, porque como estão a chegar bbebés movos, e ela já pertence ao grupo dos mais velhos da salinha, sentiu ciúmes e bateu nos pequeninos para se vingar. Ai! Ai!

 

Foi de castigo para a cama.

 

Estou plenamente de acordo as regras e bons comportamentos têm que se impor desde cedo, porque eles testam-nos ao máximo.

 

Ainda no outro dia eu a dizer um não bem dito, e a porquinha a rir-se para mim e a fazer gracinhas para me distrair.

São tão marotos!!

 

Entretanto já fizemos as lembrancinhas todas da piolhita, e o livro de honra também depois mostro.

Só falei, para vos deixar com um niquinho de curiosidade.

 

Hehehe

 

Deixo-vos mais uma musiquita à maneira, para variar portuguesa.

Diabo na Cruz, agora digam lá se a música portuguesa não está a evoluir.

 

 

Peço desculpa a quem não aprecia música portuguesa. Mas como diz o outro primeiro estranha-se e depois entranha-se.

 

 

 

O fim de semana foi muito bom, mas depois conto.

 

Agora quero-vos mostrar as fantásticas alianças.

 

 

Como o jeitoso não aprecia muito o ouro amarelo  (eu gosto de tudo) optámos por umas alianças diferentes.

Foram um pouco carotas, mas nós adorámo-las. E são para durar uma vida.

Que nós não somos com o Mourinho que todos os anos compra uma aliança nova.

 

Não encontrei os sapatos que queria, pois tinha posto na cabeça os outros da aldo. Mas após longas procuras em várias sapatarias, porque o vermelho não é a cor desta estação, lá encontrei estes sapatinhos espectaculares.

 

 

E esta marca (Pedicaty), além de sapatos, botins, botas e por aí fora lindos, são super confortáveis.

 

E as bugigangas para adornar o pescanhoço e as orelhas.

 

E uma pulseirita para o punho.

 

Só falta mesmo o vestidinho, mas isso não pode ser.

 

Ando a ficar um pouquito ansiosa e nervosita.

 

A sô dona Carlota gosta muito de trabalhos manuais, adoro colocar o dedito na tinta (é o que diz a educadora)

 

Ora vejam este cestinho que foi oferecido aos papás na Páscoa, com ovitos de xicolate lá dentro, pintado com o dedito.

De um lado:

 

E do outro:

 

No dia do pai a piolhita ofereceu esta caneca:

 

 

Não sei se dá para notar de um lado diz pai e do outro diz Miguel.

Juntou também este postalinho muito giro

 

 

Que dizem tem jeito a moça ou nem por isso?

 

Aproveitem o solinho.

Jinhos gandes

ALTO AÍ MINHA GENTE!!!

 

Não, não se enganaram no blog, o estaminé é o da Ti tanucha e das suas aventuras com a porquita galdéria Carlota.

 

Resolvi fazer um lifting, ou melhor um "extreme makeover" ao aspecto do blog, mas o que conta é o interior certo?

 

Resolvi redimir-me á porquita. tanta porca para aqui e para lá, até me oferecem coisas com porquinhas. Por isso olha que se quilhe. Temos porcas no curral. Hehehehe

Que me dizem?

Está porreiro?

É uma porquinha muito fashion, não é?

 

Para guardar no arquivo gostaria de deixar aqui a imagem que nos tinha acompanhado, mas como eu sou uma asna não consigo.

Existe por aí alguma alma caridosa, que ainda não tenha feito a sua boa acção do dia?

Que dê um clique em frente.

 

Deixo-vos um vídeo que me enviaram que me fez partir a rir.

Este chato é demais.

Jinhos 

 

Depois de encher o bandulho de amêndoas e folares da Páscoa, que a minha avó faz que são maravilhosos.

Venho contar-vos como tem corrido a minha vidinha.

Parece que a Páscoa já não é como era.

Agora somos nós que temos que dar o folar a sensação é outra.

 

Ainda me lembro da azáfama em casa da minha avó para irmos buscar o folar a casa dos padrinhos, todos contentes por estrear roupa nova.

Um dos episódios que consta nas memórias da família Geada é o de um certo domingo de Páscoa, em que o meu primo estava todo janota e começou a andar para trás sem ver nadinha e caiu mesmo em cima do balde da lavagem (comida) para o porco, lá se foi a vestimenta pascal.

 

O do ano passado foi o do meu tio ter trazido uma batedeira industrial para amassar os folares, e ao colocar a farinha puseram tudo de uma só vez e então era só farinha pelo ar, o meu tio a querer desligar e não conseguia, foi um fartote.

 

E claro que este ano também houve um episódio que destaco, um não dois. O primeiro foi o de quando começamos a ouvir o sino do Sr. prior a tocar pelas ruas, comentámos na galhofa que parecia um rebanho de cabras que se aproximava e quando o Sr. padre estava a receber o folar na sala e a dar a benção a minha tia-avó contou ao padre o que tinhamos dito. Se tivéssemos um buraco. Valha-nos!!!

E o outro foi o do meu tio Zé ao juntar as azeitonas que sobraram do almoço para dentro do saco, junta também as amêndoas de chocolate.

 

Aqui está a imagem do membro mais novo do clã e a matriarca.

 

Digam lá que a piolha não parece uma Ti Maria com o lençito na cabeça.

 

No sábado anterior fomos à obra dar uma pequenina arrumação, neste momento anda por lá o pintor a dar o isolante e as primeiras pinceladas nas paredes e tectos.

 

 

 

Olha o belo dentito de cima.

 

Espero que este tempinho se mantenha para avançarmos com a obra. Oh primavera andas tímida, vê se ficas de vez.

 

A semana passada fomos ao Leiriashopping, mais propriamente à loja da Chicco comprar a cadeirinha para o automóvel, para aproveitar aa prendinha do natal do avô Tó, e o desconto de 20% em tudo. Está porreirrinho, mas nada de extraordinário, já fazia falta um sítio assim na capital do distrito. A piolha adora andar na cadeirinha virada para a frente, até nos chama para mostrar o contente que está.

 

 

Não sei porquê às vezes em certas fotos parece uma menina grande. Não acham?

 

Deixo-vos mais umas musiquitas que não me saem do ouvido.

Eu gosto bastante de músicas que me ponham a bater palminhas como o bom tuga, então as músicas do Zé Cid, adoro. Ouçam só esta versão da famosa "Cai neve em Nova Iorque" por uma banda punk rock portuguesa que se dá pelo nome de Fitacola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E claro o novo single dos Deolinda, um contra o outro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E vá lá não me castiguem por gostar de música portuguesa, só mais uma B Fachada com " Estar à espera ou procurar"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

hehe ando a fazer serviço público a divulgar as novas músicas e bandas portuguesas.

Inté breve.

Jinhos