Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tanucha

um blog para descarregar as tanuchisses, ou melhor parvoeiras que passam por esta mente

Tanucha

um blog para descarregar as tanuchisses, ou melhor parvoeiras que passam por esta mente

Não fiz nadita do que recomendei.

Tive um almoço de família, porque da Páscoa ao Natal é muito mês sem convívio, e nós gostamos de nos juntar todos de vez em quando. São estes momentos bons que guardamos juntinho ao coração.

É da praxe eu levar a mousse de chocolate, doce preferido da minha avó, mas desta vez tive dois mini ajudantes que me estragaram a mousse, tive que transformar em bolo e pedir imensas desculpas á vóvó.

Foi uma tarde muito boa, onde os miúdos foram protagonistas,até fizeram sessão de ginástica.

 

IMG_20150822_180725[1].jpg

 

Ontem fomos almoçar ao chinês, já tinha saudades.

Miss C conseguiu comer com pauzinhos com um truque, utilizando um elástico e um bocado de cartão.

IMG_20150823_142255[1].jpg

 

 

IMG_20150823_142959[1].jpg

 

Enquanto os homens foram ver o Glorioso tropeçar, as garotas foram ver os Mínimos.

 

 

Estava á espera de melhor, tem momentos que me fizeram rir, mas também tem umas piadas um pouco complexas. O que interessa é que Dona Carlota gostou e isso é o mais importante.

 

 

Sei que vem fora de época, mas é para ficar aqui o registo no estaminé.

 

Fomos almoçar a casa da minha sogra e depois fomos buscar o folar da piolhita.

 

A minha sobrinha/afilhada deu-me uma planta linda no domingo de ramos, que fica um estrondo na  sala lá de casa.

 

 

 

Não consegui rodar a foto, peço desculpa.

 

 Aqui estão os meus amores .

 

 

 E a princesa toda vaidosa a fazer pose para a foto.

 

 

Ou melhor, parece mais uma varina do que uma modela fashion. Hihihihi!!!!

 

Aqui com a madrinha, é uma paixão louca.

 

Claro que não podia faltar a minha  foto com a piolhita.

 

Neste dia já eu sabia que carregava uma migalhita de gente.

 

E não tirámos foto com o padrinho,  mas colocamos uma foto com a fofinha da Joana a sua filhota mais nova. A Carlota adora a prima como podem ver.

 

Agora, será que a prima adora a Carlota?

 

A foto está tremida porque tive que ir acudir à criança.

Oi minha gente, não vou estar com desculpas. Não tenho como me desculpar, merece tau taus dados com muita força no rabinho. {#emotions_dlg.serious}

 

Acho que o facto de a porquinha ter festejado o seu 3º aniversário, é um motivo muito bom para retornar ao mundo da blogosfera. {#emotions_dlg.blink}Tenho andado por cá, mas só a pairar, não me tem apetecido comentar nem postar nada.

 

 Agora posso virar mais uma página e prosseguir a marcha.

 

A minha máquina fotográfica está no arranjo que isto de ter senhoritas que já "sabem" tirar fotografias e a mamã ter mãozinhas de elefante fez com que a máquina fosse passar uns dias ao paraíso das reparações, encontra-se em coma induzido espero que ressuscite em breve.

Sendo assim não tenho grandes fotos no telemóvel dos festejos do seu terceiro aniversário, pedi uma máquina emprestada, mas ainda não me passaram as ditas cujas.

 

Aproveitando o domingo solarengo reunimos os familiares mais próximos, só sei que me fartei de trabalhar e a Carlotita andava radiante e só isso compensa todo o meu esforço.

 

Mandei fazer um bolinho na patelaria, pois não iria conseguir ter tempo para tudo.

 

 

Mas o nariz da Minnie teve um acidente no caminho para casa, e o bolo não estava nada de especial. 

 

Tentei fazer uns cake pops, mas eles estavam sempre a escorregar e a cobertura estava um bocadinho mole, coloquei-os no prato e comeram-se à mesma hihihi!!!

 

Pus balõezinhos na varanda e pela casa, e a piolha quando acordou da mini-sesta delirou

 

 

 

Tristeza das tristezas, é não ter no telemóvel nenhuma foto da traquina nesse dia. Mas coloco uma recente.

 

 

 

 Bom, bom ficou o bolinho que eu fiz com muito amor para a piolhita levar para o infantário.

 

 

 

Para o ano já sei quem vai poupar dinheirinho na pastelaria.

 

JInhos gandalhões e realmente já tinha saudades de escrever aqui.

 

 

 

 

No outro fim de semana tivemos a festinha de anos da prima Laura.

 

Acho que foi a 1ª festinha que a Carlotita interagiu com a criançada, ela adorou.

 

 

 

 

Talvez tenha sido por causa do insuflável.

 

 

 

 

Mas o que a porquinha gostou mesmo foi do triciclo.

A 1ª vez que andou.

 

 

 

 

 

 

Aqui está a aniversariante que não gosta muito de tirar fotografias, como se pode ver pela carita de frete.

 

E aqui estou eu com a minha querida avó, que também adorei a festinha porque eu adoro convívio e com a família ainda sabe melhor.

 

 

Estou toda chique porque tinha saído do cabeleireiro.

Fui fazer madeixas e cortar a gadelha, porque normalmente não ando assim, está bem..{#emotions_dlg.viana_castelo}

 

 

.. do casamento da mana, foi:

 

-  o fato( pelo novo acordo ortográfico, porque o que eu queria mesmo era escrever facto)  de a Srª Dona Carlota ter feito xixi no vestido antes de sairmos de casa, e eu ter que andar a lavar e a secar com o secador;

 

- e quando cheguei à igreja o meu vestido descoseu-se todo, tenho que ir à Zara reclamar, porque não é justo comprar um vestidinho para o casamento da mana, e quando vamos a estreá-lo o raio do vestido descose-se. Vuta que variu!! {#emotions_dlg.angry} Não estejam a pensar que é pelas minhas banhas, porque o vestido era bem largo e folgado. Está bem! {#emotions_dlg.sidemouth}

 

Já há muito tempo que não ponho aqui um videozinho musical, hoje apetece-me...

 

 

Adoro esta música e quase todas desta menina, tem uma voz doce, não acham?

 

É pena não  ter videoclip.

 

Jinhos fofos

No passado dia 17 a minha manita casou com o seu mais-que-tudo.

 

Já passou por muito, mas acho que a vida finalmente lhe está a sorrir, pelo menos eu penso que já não era sem tempo.

 

Temos 13 anitos de diferença e eu sofri um bocado com a sua vinda.  Apanhou-me numa fase muito delicada da minha vida, a chamada adolescência. Até ali eu era a menina querida da mamã, e de repente surgiu um bebé e as atenções eram todas para a pequenina Ritinha (não sei se sabes, mas chamas-te Ana Rita por causa de um anúncio de uma máquina de lavar roupa que se chamava Margherita, e a menina estava sempre a olhar para a máquina a trabalhar e até acho que tinha um banquito, não me recordo bem, e a mãe gritava" Oh Ritinha deixa a Margarita!!" Que pena, não consigo encontrar o dito anúncio).

 

Era a mascote do meu grupo de amigas, porque a minha mãe trabalhava e trabalha na restauração(uma excelente cozinheira) não podia tomar conta da pestinha, logo aqui a Tanucha tomou conta da mana. Por vezes revoltava-me porque queria ir a algum lado e não podia por causa dela, mas depois a neura passava-me.

 

E agora vejo-a como mãe de duas lindas meninas, e espero que cresça com juizinho na mona. Porque como diz o outro" um pai e uma mãe fazem muito falta, mas o juizinho faz mais..."

 

A Srª Dona Carlota foi uma das meninas das alianças, e cumpriu com o seu dever muito bem, a noiva estava linda (um bocadito magrinha, não sai nada à mana).

 

Foi levada ao altar pelos seus dois pais, o pai biológico e o pai que a criou.

 

Parece um anjinho

 

Olha os noivos

 

E a jeitosona

 

A famelga lindona

 

 

 

 

E claro as gajas jeitosas

 

Amanhã continuo a descrição

 

 

A minha Vóvó comemorou os seus 80 anos e reuniu a família toda num almoço.

 

 

 

 

Brincou muito com a prima Laura

 

Portou-se muito bem à mesa, entretida com os seus livros. Claro.

 

E no final da paparoca, nada como um passeiozito pela relvinha e umas correrias com a prima

 

 

 

 

 

 

 

 Mas afinal o título do blog não é Tanucha?

 

E eu raramente apareço.

Oh para mim a levar com os raios de sol nas bentas. .

 

 

Vê-se bem que a foto não é de agora, porque o tempo tem estado uma verdadeira bostinha. A não ser hoje é claro.

Depois de passar a passagem do ano, venho cá relatar o nosso Natal, mas também sou sincera já não ligo muito ao ritual da passagem do ano e o Natal para mim é uma época que eu simplesmente adoro.

 

E assim foi o nosso.

 

Tentámos correr as capelinhas todas,

 

passámos a noite de consoada com a minha sogra,

 

 

na creche fizeram um trabalhinho muito giro para colocar no centro de mesa. 

 

 

o pai Natal apareceu, mas a piolha entrou em pânico que eu nem tive tempo de documentar para poder acudir a Carlotita

 

 

mas no final não se esqueceu que foi o pai natal é que trouxe as prendinhas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixámos algumas prendas debaixo da nossa árvore para a piolha abrir de manhã, e fomos almoçar a casa da minha av, com a família Geada toda reunida

 

 

 

 

Mais prendinhas e mais convívio,  e no final da tarde ainda fomos a casa da minha mãe onde nos partimos a rir com as cenas da minha sobrinha mais velha que delirou com a prendinha que lhe oferecemos digno de uma majestade como ela diz.

 

 

Estão tão giras, não estão?

 

D. Matilde está pindérica mas muito feliz.

 

 

As 3 da vida airada.......

 

 

 Estamos super fashions, não estamos?

 

E só faz falta quem está. Adoro esta época e gosto de estar rodeada por aqueles que amo e que me amem, adoro miminhos e adoro dar miminhos.

 

Sou uma lamechas mas muito feliz.

 

Jinhos

 

 

 

No outro fim de semana tivemos cá em casa a visitinha do meu pai e da Vitória, a piolhita gostou muito de estar com o vôvô. Principalmente acha muita graça ao bigode.

 

Adorou os puzles do Mickey que eles ofereceram à porquita, e nós adorámos os camarões fritos , o bolinho de chocolate e a companhia.

 

Nesse dia é que notámos que vivemos mesmo no campo, pois fiz bacalhau à  braz e quando fui ver não tinha ovos, pedi ao maridão para ir à mercearia à freguesia.

 

Claro que estava fechada a um domingo,e assim  tive que pedir ao meu pai para trazer da cidade. Dah!! Realmente vivemos num lugarzinho.

 

Foi um domingo bem passado.

 Não sei se já repararam a árvore de natal anda a servir muitas vezes de imagem de fundo das nossa fotos.

 

 Jinhos

 

É lá fim de semana agitado e quando dou por mim estou a escrever aqui na 3ª feira.

 

Forma-se o tempo passa rapidinho.

 

Este fim de semana tivemos reunião familiar, matança em casa da minha avó. Como é tradição anual lá se matou um porco para alimentar a família Geada.

 

Acho que desta vez foi a morte que menos me transtornou. Em primeiro lugar não vejo, faz-me impressão e o que me causava mais transtorno era ouvir o porco a guinchar até falecer. Este ano o matador, meu tio, resolveu chamar um profissional e matou-se o porco a tiro, não se ouviu nada e o animal morreu de imediato.

 

Só por estar aqui a relatar a situação estou-me a enojar, mas não posso pensar assim senão virava vegetariana ou vegan. E tenho que me mentalizar que a minha avó criou o animal com intenção de alimentar a família.

 

Mas o que é mais importante nestas datas é mesmo a reunião familiar, no sábado fui com a Carlotita porque o maridão teve que trabalhar e no domingo lá fomos almoçar a bela bifana.

 

A minha avó stressa com o pessoal todo a dormir lá em casa, a ter que fazer comer, camas e toda a gente a chamar por ela para saber onde é que estão as coisas. Mas no final da tarde de Domingo o seu coração transbordava de alegria e de Amor ao ver a família toda unida.

 

No Natal a cena repete-se outra vez, família Geada reunida. Vocês pensavam que esta vaga de frio era porquê?

 

Acho que já mencionei aqui uma vez que a minha família é conhecida por Geada, porque o meu bisavô quer fosse Verão ou inverno usava sempre uma samarra alentejana vestida. E o pessoal dizia quando ele passava: " Está a cair uma carrada de geada" e assim ficou baptizada a família.

 

O chato foi a porquinha estar com febrita e diarreia, já passou e agora está com tosse.

 

Maleitas da época.

 

A tinhosa da Tanucha levou a máquina sem bateria depois tenho que pedir fotos aos primos. DAHHH!!!

 

Deixo-vos aqui o registo da gulosa, a deliciar-se com uma tablete de Milka oferecida por um grande amigo, não é Sr. Pedragulho.

 

Se esta moça ganhar diabetes já sei a quem culpar.

 

 

 

Upssss fui apanhada!!!!!!!!!!!!!! 

 

Estejam descansados que tirei-lhe das mãos e ensinei-lhe a partilhar aqui com a mamã.

 

Jinhos