Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tanucha

um blog para descarregar as tanuchisses, ou melhor parvoeiras que passam por esta mente

Tanucha

um blog para descarregar as tanuchisses, ou melhor parvoeiras que passam por esta mente

Com o aproximar do final do ano o trabalho aperta e os prazos para entregar o trabalho prontinho também, por isso tenho tido pouco tempo para cuscar os vossos cantinhos e actualizar o meu. {#emotions_dlg.confused}

 

No fim de semana da reunião familiar(matança) fiz umas broinhas, costumo fazê-las dia de todos os santos, mas como já me tinham oferecido bastantes e até a piolha trouxe da escolinha e apesar de ter em casa os ingredientes preparadinhos, nomeadamente os frutos secos e a abóbora resolvi adiar e fazer noutra altura. Lá calhou fazer e levar para casa da minha avó.

 

Primeiro amassei tudinho

 

 

ós depois

formei as bolinhas e coloquei sobre o tabuleiro forrado com um tapete de silicone e as tinhosas ddeformavam-se todas, ficaram totdas achatas e coladas umas ás outras,

 

 

mas estavam igualmente saborosas, lembrei-me de as pôr nas formas dos queques para ficarem mais lindinhas

 

 

 

 

só sei que não sobrou nadinha o pessoal comeu-as com cházinho ao lanche.

 

 

Como sabem andava um bocado desligada da minha máquina fotográfica e a tinhosa fartou-se de mim, fez greve e não me deixa tirar fotos nem desligá-la, só para ver as fotos que tenho no cartão.

 

Sendo assim dirigi-me à Kodak para saber o que fazer para a reparar, a senhora da loja após mexer no botão on, off, pôr cartão, bateria retirar tudo franziu o nariz e disse : " é melhor comprar outra nem vale a pena mandar arranjar" eu olhei para o maridão que andava a aturar umas das birras da Dona Carlota que quando não dorme a sesta fica super chata, disse à senhora para me dar o contacto da Kodak para ligar para lá porque até podia ser uma avaria simples, tipo o botão estar encravado.

 

Quando liguei para a Kodak e contei o sucedido e após  ter dado o modelo da minha máquina, a técnica disse logo que já não fabricavam peças para este modelo, eu agradeci a disponibilidade e fiquei revoltada com a sociedade dos dias de hoje.

 

Então em vez de repararmos as coisas jogamos fora e compramos novo, já com a playstation do marido foi igual queriam 50 euros pelo orçamento da reparação e quer aceites o orçamento ou não dizes adeus aos 50€ e depois a reparação pode demorar 6 meses.

Viva ao consumismo.

 

Ao comentar no local de trabalho com uns colegas um deles disse quqe via isso acontecer à 30 anos atrás na França e os portugueses iam buscar

á "poubelle " (lixo) nós é que andamos atrasados.

Se calhar até tem razão.

E olha como não percebo nem conheço ninguém que perceba de electrónica, lá me conformei e adquiri uma máquina nova, mais pequena e mais leve.

 

Adeus Kodak, obrigada por estes 6 anos de fotos e vídeos.